Segunda reunião de planejamento para o Censo 2020 reúne entidades públicas em São Paulo

| Da redação

17/03/2020 10h47 | Atualizado em 17/03/2020 10h59

A Unidade Estadual do IBGE em São Paulo (UE/SP) realizou, no último dia 10, a 2ª Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo Demográfico 2020 (Repac), na capital, com representantes da sociedade civil e instituições públicas para apoio à operação censitária. A primeira etapa foi realizada em outubro do ano passado, na Câmara Municipal de São Paulo.

Participaram do evento as Secretarias da Educação e de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de São Paulo, a Polícia Militar, a Dersa/SLT (Secretaria Estadual de Logística e Transportes), a Agência de Transportes do estado (Artesp), a Fundação Nacional do Índio (Funai), o Incra, a Cruz Vermelha e representantes da reitoria da Universidade de São Paulo, entre outros.

O evento foi comandado pelo coordenador operacional do Censo, Henrique Abílio Gonçalves. Ele enfatizou a importância da cooperação das entidades públicas e civis para o sucesso da empreitada. A coordenadora das Repac, Ana Kazan, falou sobre as etapas do planejamento e a relevância do trabalho conjunto para estabelecer os milhares de postos de coleta necessários para o Censo.

Já o coordenador administrativo do Censo, Reinaldo Apolinário dos Santos, apresentou os próximos processos seletivos, que vão contratar temporariamente mais de 46 mil pessoas no estado. Ele explicou a função dos Agentes Censitários Municipais, dos Agentes Censitários Supervisores e dos Recenseadores.

O coordenador técnico do levantamento, Vando da Paz Nascimento, deu detalhes sobre a coleta de dados, inclusive em assentamentos e comunidades de povos tradicionais. A coordenadora de treinamento, Nadir Alves Barbosa Ribeiro, falou sobre as etapas por que passarão os novos contratados e sobre a necessidade de cooperação das instituições para obter os locais de treinamento

Por fim, o coordenador de divulgação do Censo explicou como o projeto IBGEeduca levará informações sobre a pesquisa a todas as escolas públicas e privadas do estado.

Mais notícias deste Estado